02/01/2017

Beja en Alentejo



Beja est une ville capitale de la province Bas-Alentejo (Baixo Alentejo) et se distingue par ses maisons blanches, ses rues étroites et pavées, et grand nombre de façades recouvertes d'azulejos.

.
On la dit fondée par les Romains sous Jules César, et Beja avait alors le nom de Pax Julia en l'honneur de cet empereur, de du traîté de paix que ce dernier signa en ce même lieu, avec les Lusitaniens.

C'est de cette époque que datent les premières murailles militaires qui entourent la ville. Cette construction será modifiée aux cours des époques suivantes, selon les nécessités des nouveaux occupants.
Le chemin de ronde offre une très belle vue sur une grande partie de Beja, et sur les paysages agricoles qui s'étendent à perte de vue.





Beja possède une grande diversité architecturale due à son long passé et importance archéologique. Et c'est très agréable de se promener dans le dédale de son centre historique. 

En été, il fait très chaud à Beja. Les points d'eau et d'ombre sont particulièrement recherchés. Les bâches colorées tendues au travers des rues apportent un peu de fraîcheur à l'air réchauffé par le mois d'août.


Encore les couvertures d'azulejos qui habillent les façades du centre-ville, chacune avec des motifs différents comme si c'étaient des tissus.




Une longue avenue nous conduit dans un autre quartier, avec le bonheur d'avoir les grands arbres pour nous protéger des ardeurs du soleil.

Les portes des églises nous annoncent qu'à l'intérieur des murs épais, il fait surement plus frais. Mais on les trouve souvent fermées!



Voilà de nouveau le centre-ville, ses ruelles étroites et bâchées, et ses petites boutiques de part et d'autre.


Bonheur des bonheurs, ce jardin magnifique nous a tendu les bras en plein après-midi! La pause a été superbement bien accueillie et nous sommes restés un bon moment pour nous reposer et admirer les décorations et la végétation d'un vert tendre et fleuri!
Les enfants on profité pour visiter le parc, jouer dans les balançoires, et prendre connaissance de quelques petits animaux qui séjournent dans les endroits qui leur sont réservés.



Nous voici devant le couvent "Convento de Nossa Senhora da Conceição" qui est occupé par le Musée Regional de Beja. L'intérieur du monument se fait remarquer para la richesse de ses décorations et par l'histoire des "Lettres d'une none portugaise" qui declara sa passion à un officier français.




Convento da Conceição em Beja - Museu Rainha Dona Leonor publié par Rotas Portuguesas

O Museu Rainha Dona Leonor ou Museu Regional de Beja é um museu em Beja, Portugal, instalado no Convento da Conceição. O Convento foi fundado em 1459, pelo Infante D. Fernando, irmão de D. Afonso V, e por sua mulher, a Infanta D. Beatriz. Este convento era bastante amplo, mas muito tempo depois sofreu a demolição de uma parte.
Hoje o museu tem vários espaços principais para visitar: o Coro Baixo, a Igreja, a Sala dos Brasões, as 4 quadras (Corredores) do Claustro, as 2 saletas e as 3 salas com bonitas pinturas, a Sala do Capítulo (incluindo o pequeno oratório no fundo da sala que interrompe o único corredor de comunicação entre as salas que têm pinturas).



12 commentaires:

  1. A beleza bucólica do Alentejo aqui tão bem retratada.
    Bom Ano de 2017!

    RépondreSupprimer
  2. Boa tarde, conheço bem a linda cidade de Beja, é linda e pacata, o calor que se faz sentir no verão e o frio pela noite no inverno é um pouco desagradável, de resto é uma boa cidade para se viver.
    A fotos são lindas e perfeitas num todo,
    AG

    RépondreSupprimer
  3. Angela, olá querida!
    Beja é uma cidade que eu adoraria conhecer, não tenho dúvidas. Imagino como pode ser tranquila, desacelerada. Me parece um bom local para se viver, apenas eu, não me sentiria tão bem, por conta do calor, que pénso ser bem forte. Prefiro climas mais frios.
    Adorei ver os belíssimos azulejos que decoram as fachadas das casas. As ruas são tão bonitas, com belas árvores. A árvore com flores de cor lilás é um jacarandá? Linda!
    Sabe Ângela, no Brasil temos muitas casas que fazem pastel de natas e outros doces portugueses, mas nem todas são de qualidade. É preciso investigar e saber se são comandadas por portugueses. Esta que frequento, gostamos imenso e sempre visito para um café.
    Quanto ao Natal aqui no Brasil, que acontece em pleno verão, é o caso para se pensar em como fazemos tantas comidas pesadas nesta estação. O nosso natal deveria ser bem leve, com carnes de pouca gordura. Mas a tradição ficou assim, com comidas bem pesadas. Eu sempre procuro equilibrar.
    Um feliz 2017, com saúde e alegrias, beijinhos e um até breve ....

    RépondreSupprimer
  4. Oh, oh, ma ville! Esta conheço, satisfatoriamente e como eu gosto do calor dela no verão!

    Lindas fotografias, tiradas no verão, presumo, que retratam exatamente aquilo k é esta/minha cidade. As Portas de Mértola, estão, agora diferentes. Gosto daqueles panos, de várias cores, k lá colocaram e de alguns melhoramentos, que estão a ser feitos, pke eu não vejo só em frente.

    O atual Presidente da Câmara veio de Serpa, a todo o vapor, e sempre se soube k a mira dele era Beja. Enfim, Pulido Valente, não foi, nem é político, é um senhor.

    Gosto do jardim da minha cidade. Relaxa-se, inspira-se calma e "tá-se" bem!

    Conheço e bem o Convento de Nossa Senhora da Conceição (é pra admirar, pke eu sou pouca andarilha), mas agrada-me aquela vastidão, aquele silêncio e depois Soror Mariana.

    Beijinhos.

    RépondreSupprimer
  5. Oi Angela é tanta imagem bonita e interessante de
    se ver que virei te visitar mais vezes esse post.
    Nem sei te dizer o que me agradou mais...
    Adoro azulejo, igreja, parque, flores etc.
    Bom começo de mês.
    Abraços.
    janicce.

    RépondreSupprimer
  6. Oi Angela é tanta imagem bonita e interessante de
    se ver que virei te visitar mais vezes esse post.
    Nem sei te dizer o que me agradou mais...
    Adoro azulejo, igreja, parque, flores etc.
    Bom começo de mês.
    Abraços.
    janicce.

    RépondreSupprimer
  7. Ângela, olá boa noite querida!
    Cá estou para te fazer uma visitinha e revendo com prazer as belas fotos desta tua postagem.
    Tanta beleza captada pelas tuas lentes, com tanta sensibilidade.
    Deixo o meu beijinho e um abraço, minha amiga.

    RépondreSupprimer
  8. Se fores fazer um post sobre as amendoeiras em flor, eu adoraria apreciar. Já sei que as fotos estão espetaculares, tu tens dado mostra aqui do seu talento em fotografar, com olhares para o belo.
    Beijinho Ângela e uma ótima semana.

    RépondreSupprimer
  9. Não sabia que Beja é tão bonita...
    Gostei muito da sua foto-reportagem.
    Ótima semana.
    ~~~~~~~~

    RépondreSupprimer
  10. Muito giras as fotos. Há quanto tempo não vou lá!

    RépondreSupprimer
  11. Uma imagem mais linda que a outra.
    Tenho uma verdadeira fascinação por castelos e
    sei que por aí a alguns.

    RépondreSupprimer
  12. A semana passada alguns alunos belgas visitaram Portugal e disseram-me ter visto uma aldeia colorida onde os cantos das casas tinham cores diferentes et cada um tinha sua significação aparentemente superstições, mas não se lembravam do nome dessa localidade ! Eu belga também, mas de origem portuguesa, que gosto de visitar o meu pais de origem gostava de saber onde se encontra esse tesouro para eu também visitar. Alguém me pode informar ? Obrigada

    RépondreSupprimer